Treinador demitido de time do Brasileirão entra na mira da Ponte Preta

Mozart Santos deixou a Chapecoense no início da tarde desta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - A Ponte Preta espera definir ainda nesta quinta-feira quem será seu treinador no Campeonato Brasileiro da Série B. Um nome que ganhou força nas últimas horas é o de Mozart Santos.

De acordo com o jornalista Heitor Esmeriz, do Globoesporte.com, a diretoria já abriu conversas com representantes do treinador, que ficou desempregado no início da tarde desta quinta após ser demitido da Chapecoense.

Outros dois nomes ganharam força na listinha de 'papel de pão' do presidente Sebastião Arcanjo, o Tiãozinho. Um deles é Sérgio Guedes, do Água Santa, e que foi vice-campeão paulista com a Macaca em 2010 (perdeu o título para o Palmeiras). Outra opção seria o experiente Geninho, de 70 anos, que já dirigiu muitos times da Série B.

CSA E CHAPECOENSE
Mozart Santos tem 41 anos e chegou na Chapecoense em abril para substituir Umberto Louzer, que foi para o Sport. O treinador ficou apenas oito jogos e viu a pressão aumentar depois de ser vice-campeão catarinense na última quarta-feira.

Mozart Santos está em negociação com a Ponte Preta (Foto: Márcio Cunha/ACF)
Mozart Santos está em negociação com a Ponte Preta (Foto: Márcio Cunha/ACF)

Desde que acertou a volta de Fábio Moreno para a função de coordenador técnico no último final de semana, a Ponte passou a analisar nomes no mercado. Zé Ricardo e Eduardo Barroca foram procurados, mas não houve um desfecho positivo.

A diretoria pontepretana tem pressa para definir o novo treinador pois a estreia na Série B do Brasileiro será já no domingo, contra o Brusque, fora de casa.


_______________________________________________________________________________________________________________

CRUZEIRO APRESENTA KLEBINHO COMO REFORÇO


_______________________________________________________________________________________________________________

MAIS SOBRE MOZART SANTOS
Ex-volante de Coritiba, Flamengo, Palmeiras, Reggina-ITA, Spartak Moscou-RUS e Livorno-ITA, Mozart Santos pendurou as chuteiras em 2010 e passou a trabalhar nas categorias de base do Coritiba.

Depois de dois anos como auxiliar-técnico do profissional, Mozart Santos foi contratado no ano passado pelo CSA e realizou um bom trabalho na Série B do Campeonato Brasileiro, quase conquistando o acesso à elite.